Peru retoma viagens internas

voos liberados no Peru

O Peru, o quinto país no mundo com o maior número de infecções confirmadas por coronavírus, retomou nesta quarta-feira (15 de julho) as viagens domésticas em grande parte de seu território. Isso, após quatro meses de paralisação, como uma medida para impedir a propagação do flagelo. As informações são da agência argentina Télam.

Aviões e ônibus estavam praticamente parados desde o início da quarentena nacional, em 16 de março. Apenas algumas viagens extraordinárias foram feitas para transferências humanitárias de pessoas que desejavam retornar às suas regiões de origem durante o confinamento.

Mas os serviços regulares de transporte de passageiros voltaram a operar apenas parcialmente. Assim, funcionam em 18 regiões do país onde a quarentena foi levantada em 1 de julho. Porém, ainda estão suspensas nas outras sete em que o confinamento continua (Arequipa, Ica, Junín, Huánuco, San Martín, Madre de Dios e Áncash).

Filas e demora

Trinta voos foram programados para o primeiro dia de retorno no aeroporto Jorge Chávez, em Lima, o maior do país. O reinício do tráfego aéreo regular começou às 6h55 com um voo para a cidade amazônica de Iquitos.

Apesar dos protocolos estabelecidos, havia multidões e longas filas desde o amanhecer do lado de fora do aeroporto. Devido a medidas de segurança, era permitido apenas uma única porta de acesso. Isso causou ansiedade nos passageiros, que, diante do lento avanço das pessoas, temiam perder seus voos.

Leia mais notícias em https://www.telam.com.ar/

Mais sobre Peru: http://nuestraamerica.com.br/peru-eu-volto/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *